Alertas Acessos Alertas Apoios RETORNO  
PLÁGIO

 

 

para última nota

Foi retirado o nome completo do plagiador, por já ter passado muito tempo sobre os acontecimentos relatados.

 

Acuso a recepção do seguinte Correio-E:
   

Venho denunciar uma situação de plágio integral de textos meus (poemas) por parte da senhora JO. 

Os poemas editados no site da GESPO pertencem originalmente ao meu livro "Na Escrita e no Rosto", prémio revelação de poesia Inasset/Inapa, atribuído pelo Centro Nacional de Cultura em 1990 e publicado pelas edições Europress em 1993.

  Tenho conhecimento que a falsa autora publicou um livro em 2001 intitulado "Desabafos" numa editora brasileira: Maneco & Livraria Editora, Caxias do Sul, Brasil, com quase a totalidade dos meus poemas; 

e segundo ela, tem previsto para breve a saída de novo livro intitulado "Lingualogar" também com textos meus publicados no meu livro "Na Escrita e no Rosto" e em suplementos literários do jornal de Vila Nova de Gaia - Brétema

 

  O caso está a ser encaminhado pelo meu advogado e desde já agradeço que reponha a verdade da situação no site GESPO e que informe a senhora júlia oliveira dasituação.como poderá verificar, o caso foi entretanto denunciado no meu blog: www.escritaiberica.weblog.com.pt
 

sem outro assunto de momento
atenciosamente,

Fernando Esteves Pinto

 

  A que respondi:

 

 

Caro Senhor Fernando Pinto

Recebi com surpresa o seu correio-E. Como deve compreender sou alheio a fraudes cometidas pelos autores ou pseudo-autores, conforme esclareço em www.gespo.pt.

Ainda bem que detectou a fraude, sobre a qual me vou certificar.

 
Peço-lhe por isso três ou quatro dias para confirmar os factos e corrigir o Portal Gespo. Colocarei então os seus textos originais com a denúncia do plágio efectuado e o nome da pseudo autora, a quem também pedirei uma carta escrita de desculpas.
 


Agradeço por isso que me envie por Correio-E os seus correspondentes textos. Agradeço a sua confirmação sobre esta missiva.

Os textos são realmente muito bons (parabéns ao autor) e por isso mesmo é que ao lê-los, resolvi inclui-los no Portal GESPO.

Com cumprimentos 

Faro Barros 

farobarros@gespo.pt

 

 

Após várias tentativas infrutíferas de ligação telefónica, a JO, mandei-lhe uma mensagem de texto a dizer o que se passava e que confirmasse ou negasse para eu retirar ou não os poemas do Portal.

No dia seguinte recebi esta resposta: 

"Retire. Estou fora do país em Lua-de-Mel."

  Sem mais! Sem remorsos, sem culpa, sem desculpas.
 

Neste momento aguardo a chegada do livro de Fernando Esteves Pinto para saber definitivamente de quem é o quê.

   

Logo que tenha dados completarei o Portal. 

 

 

 

em 20040916

 

Recebi agora o livro "Na escrita e no Rosto" da EuroPress, da colecção 
"O SOL NO TECTO"

Autor Bela Mandil

Copyright 1993 by Fernando Esteves Pinto e Europress para esta edição

Depósito Legal: 553 76/92  ISBN 972-559-143-7

 

Comparei-o com o livro "Desabafos" da Orpheu, ISBN 85-86610-33-X,
pretensamente escrito por JO.

Com excepção de três, os poemas de JO são copiados ipsis verbis,
letra a letra, carácter a carácter do livro "Na Escrita e no Rosto".

 

Em "Atravessava o quarto..." trocou um ponto final por uma vírgula.

"Nada sei dos teus olhos..." que me foi enviado e não consta de "Desabafos"
está na pág. 23 do livro "Na Escrita e no Rosto".

Em "Escrever agora é percorrer as margens..." alterou, encurtando, um dos versos:

 

Em resumo e para lhes facilitar a consulta, a quem tiver curiosidade,
os seguintes poemas do livro "Desabafos" ISBN 85-86610-33-X,pretensamente 
de JO, encontram-se no livro de Bela Mandil,nas seguintes páginas:

 

  JO Bela Mandil
  Página Página
Atravessava o quarto... 

4 43
Que uma casa seja...

6 47
No céu azul do meu tecto...

8 de quem será?
Tuas mãos intimas...

10 10
Trazia as mãos em concha...

12 45
Tinha o rosto cheio de silêncios...

14 42
A noite dorme no meu peito...

16 53
Submergiu envolta...

18 de quem será?
No silêncio exilado dos seus passo...

20 de quem será?
Uma flor em queda todo o ar...

22 14
Escrever agora é percorrer as margens...

24 (alterado) 55 
Ser cascata de branca espuma...

26 de quem será?
Nada sei dos teus olhos... (só no portal Gespo. Começou no 6º verso) 

só metade 23
Nota: as páginas impares de "Desabafos" contém a versão espanhola dos versos. 
 

Os restantes, que não constam do livro de Bela Mandil, colocam-me a dúvida: 
de quem serão? 
De JO?

 

Fico a aguardar que os autores ou JO nos esclareçam.

 

E porque me parece que é sempre bom vermos todos os lados de uma questão, aconselho que visitem o Blogue de Fernando Esteves Pinto, onde ele transcreve algumas das razões com as quais JO justifica os acontecimentos. 

Outras haverá certamente.

ver "Notícias de um plágio" de 20040913 em:

http://www.escritaiberica.weblog.com.pt/

 

 
     
RETORNO  
à Página anterior
               
Acessos Alertas Apoios Crónicas Desenhos Dicas Esculturas
  Fotografia Fotos  Informática Pintura Poesia Português Quem Somos Sugestões Textos